Analisadores de página da Web ou como obter os dados desejados da rede

Todos os sites e blogs modernos geram suas páginas usando JavaScript (como AJAX, jQuery e outras técnicas semelhantes). Portanto, às vezes, a análise de páginas da Web é útil para determinar a localização de um site e seus objetos. Uma página da Web ou um analisador de HTML adequado é capaz de baixar o conteúdo e os códigos HTML e pode executar várias tarefas de mineração de dados por vez. GitHub e ParseHub são dois raspadores de páginas da Web mais úteis que podem ser usados para sites básicos e dinâmicos. O sistema de indexação do GitHub é semelhante ao do Google, enquanto o ParseHub trabalha varrendo continuamente seus sites e atualizando seu conteúdo. Se você não estiver satisfeito com os resultados dessas duas ferramentas, opte pelo Fminer. Essa ferramenta é usada principalmente para coletar dados da rede e analisar diferentes páginas da web. Entretanto, o Fminer não possui uma tecnologia de aprendizado de máquina e não é adequado para projetos sofisticados de extração de dados. Para esses projetos, você deve optar pelo GitHub ou ParseHub.

1. ParseHub:

O Parsehub é uma ferramenta de raspagem da Web que suporta tarefas sofisticadas de extração de dados. Os webmasters e programadores usam esse serviço para direcionar sites que usam JavaScript, cookies, AJAX e redirecionamentos. O ParseHub é equipado com a tecnologia de aprendizado de máquina, analisa diferentes páginas da web e HTML, lê e analisa documentos da web e raspa dados conforme sua necessidade. Atualmente, está disponível como um aplicativo de desktop para usuários de Mac, Windows e Linux. Um aplicativo da Web do ParseHub foi lançado há algum tempo e você pode executar até cinco tarefas de coleta de dados por vez com este serviço. Um dos recursos mais distintos do ParseHub é que ele é gratuito e extrai dados da Internet com apenas alguns cliques. Você está tentando analisar uma página da web? Deseja coletar e coletar dados de um site complexo? Com o ParseHub, você pode facilmente realizar várias tarefas de coleta de dados e, assim, economizar tempo e energia.

2. GitHub:

Assim como o ParseHub, o GitHub é um poderoso analisador de páginas da Web e raspador de dados. Um dos recursos mais distintos desse serviço é que ele é compatível com todos os navegadores da web e sistemas operacionais. O GitHub está disponível principalmente para os usuários do Google Chrome. Ele permite que você configure os mapas do site sobre como o site deve ser navegado e quais dados devem ser descartados. Você pode raspar várias páginas da Web e analisar o HTML com esta ferramenta. Ele também pode manipular sites com cookies, redirecionamentos, AJAX e JavaScript. Depois que o conteúdo da Web estiver totalmente analisado ou raspado, você poderá baixá-lo no disco rígido ou salvá-lo no formato CSV ou JSON. A única desvantagem do GitHub é que ele não possui recursos de automação.

Conclusão:

O GitHub e o ParseHub são uma boa opção para copiar um site inteiro ou parcial. Além disso, essas ferramentas são usadas para analisar HTML e diferentes páginas da web. Eles possuem características distintas e são usados para extrair dados de blogs, sites de mídia social, feeds RSS, páginas amarelas, páginas brancas, fóruns de discussão, agências de notícias e portais de viagem.